a recolha de bens ao apoio psicológico. O que está a ser feito em Portugal para ajudar a Ucrânia

Publié le par angeline351

a recolha de bens ao apoio psicológico. O que está a ser feito em Portugal para ajudar a Ucrânia

Juntas de Freguesia de norte a sul do País encontram-se a recolher bens essenciais, psicólogos juntaram-se para dar apoio gratuito e foi já criada uma plataforma que reúne toda a ajuda disponível. Saiba como pode contribuir.

Chegámos ao quinto dia da invasão russa e o mundo tem-se mostrado solidário com a Ucrânia e o seu povo. Desde quinta-feira, 24 de fevereiro, os pedidos de ajuda têm-se multiplicado, mas as respostas também.

Seja através de manifestações de apoio — como as que aconteceram este domingo, 27, um pouco por todo o País —, vigílias, jornadas de oração, recolha de bens e medicamentos ou apoio psicológico, o povo português já mostrou que está disponível para ajudar.

Sacos de cama, colchonetes, cobertores, almofadas, roupa quente, água, comida (conservas, cereais, massa, leguminosas, bolachas, frutas), medicamentos essenciais, produtos de higiene (fraldas, toalhitas, pastas de dentes, escovas, papel higiénico...) ou utensílios de cozinha são alguns dos artigos pedidos pela Associação de Ucranianos em Portugal, pode ler-se no site.

De norte a sul, são também várias as Juntas de Freguesia, empresas e particulares que se encontram a organizar recolhas de bens para enviar para a Ucrânia. Em Lisboa, a Junta de Freguesia de Benfica, Areeiro ou Arroios são apenas três das muitas que estão aceitar doações.

 

Publié dans EUROPE

Pour être informé des derniers articles, inscrivez vous :
Commenter cet article